mercado

Cosméticos para pet: oportunidades para formuladores no cuidado de cães e gatos

Cleber Barros
Escrito por Cleber Barros em 7 de maio de 2021
7 min de leitura
JUNTE-SE A MILHARES DE OUTROS PROFISSIONAIS

Entre para a minha lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Conheça esse mercado e explore esse nicho em expansão

Introdução

Shampoo para cachorro, banho a seco para gatos, stick hidratante para coxins e focinho… Já pensou em formular esses tipos de produtos? O mercado pet cresce cada vez mais no Brasil e no mundo, oferecendo diversas oportunidades para formuladores de cosméticos. 

Nesse artigo você irá ver:

  • Produtos cosméticos para pets;
  • Dados de mercado;
  • Formulando cosméticos para pets: Princípios básicos.

Produtos cosméticos para pets

Cosméticos para pets são produtos destinados à higienização e embelezamento de animais de pequeno porte (cães e gatos). Incluem produtos como:

  • Shampoo;
  • Condicionadores com e sem enxágue;
  • Loções e cremes hidrantes;
  • Balms hidratantes.

Dados do mercado

No Brasil, mais da metade dos domicílios possuem um animal de estimação. Em 2020, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o mercado pet cresceu em cerca de 13,5%, faturando acima de R$40 bilhões. O país hoje é o terceiro maior mercado pet do mundo, estando atrás apenas dos Estados Unidos e China. 

A humanização do pet é um dos fatores que auxiliam o crescimento desse mercado. Os pets cada vez mais são considerados parte das famílias e os donos não medem esforços para proporcionar saúde e bem estar aos animais. Um levantamento feito pelo Instituto Pet Brasil em 2019 mostrou que há mais de 139,3 milhões de animais de estimação no Brasil, sendo mais de 54 milhões de cães e mais de 23 milhões de gatos. Além disso, foi observado um crescimento das casas que escolhem o gato como animal de estimação. Isso provavelmente ocorre pois com o maior número de pessoas morando sozinhas e em espaços pequenos, há preferência por animais que exigem cuidados mais simples no dia a dia e menos espaço. 

De acordo com um levantamento feito pelo SPC Brasil em 2017, 36% dos donos de animais realizam compras impulsivas, e cosméticos para pets, como shampoos e condicionadores, configuram 21,5% dessas compras.

Ademais, de acordo com uma pesquisa feita pela Comissão de Animais de Companhia (COMAC) em 2020, donos de cães gastam uma média de R$224,00 por mês com produtos e serviços para os animais (incluindo banho e tosa, alimentação e acessórios). Já os donos de gatos gastam cerca de R$168,00. A compra de shampoos e condicionadores representam cerca de 57% dos produtos comprados para o cuidado de cães e gatos no dia a dia, estando atrás apenas das rações.

Fonte: Mercado de Consumo PET. SPC Brasil, 2017.

Observando esse mercado é possível notar que muitas tendências e movimentos de mercado no setor de skin e hair care, como a vegetalização e o veganismo, também ocorrem com produtos de pet care, uma vez que muitos consumidores desses produtos aplicam seus hábitos de consumo para produtos pessoais ao comprar produtos para o animal. 

Imagem 1: Logos da Ecocert para certificação de produtos pet naturais e orgânicos. 

Algumas marcas consagradas que comercializam produtos de skin e hair care para humanos têm criado linhas específicas de cosméticos para pets, como a norte-americana Burt’s Bees, que criou a linha Burt’s Bees Natural Pet Care, que inclui produtos como shampoos, condicionadores, loções hidratantes e cremes de limpeza. A norte-americana Kiehl’s, que faz parte do grupo L’Oréal, também criou uma linha específica para pets, composta por um shampoo, um condicionador desembaraçador e um spray de limpeza desodorante. A Aesop, marca australiana que faz parte do grupo Natura & Co, possui um shampoo destinado para o uso animal. No Brasil, a marca Granado, que em 2020 completou 150 anos, possui uma linha pet com shampoos, condicionadores, spray para desembaraço e colônia. Além disso, em 2020, a Unilever, que possui mais de 400 marcas, escolheu o Brasil para lançar a marca “Cafuné”, primeira marca de produtos para pets da multinacional britânica-neerlandesa. A marca possui certificação PETA (Cruelty-free). 

Formulando cosméticos para pets: princípios básicos

Mas como começar a criar produtos para esse setor? Primeiro, é importante conhecer as necessidades desse público, que incluem, principalmente, higienização, condicionamento e hidratação. 

Os principais produtos de higienização incluem shampoos (líquidos e sólidos), produtos de banho a seco e lenços umedecidos. Esses sistemas possuem como principais ingredientes os tensoativos, que são responsáveis por realizar a limpeza e formar espuma. As formulações podem variar um pouco dependendo do direcionamento. Entretanto, o ideal é formular produtos que realizem uma limpeza eficiente sem agredir a pele do animal e com boa espumação (no caso de shampoos). Isso pode ser alcançado através de uma boa combinação de tensoativos (lauril glucosídeo, decil glucosídeo, cocamidopropil betaína, lauril éter sulfato de sódio, lauril sarcosinato de sódio), sobreengordurantes (dietanolamida dos ácidos graxos de coco, ésteres etoxilados, óleos vegetais), ingredientes condicionantes (poliquatérnio 10, poliquatérnio 11, poliquatérnio 7, goma guar quaternizada) e quando necessários ativos para necessidades específicas (como ativos calmantes, clareadores e hidratantes).

Produtos condicionantes são utilizados durante ou após o banho do animal. O objetivo desses produtos é condicionar o fio, deixando-o mais macio, com brilho e melhorando a penteabilidade. Essas formulações podem se apresentar como condicionadores com enxágue e sem enxágue, nas formas de emulsão, barra ou spray. Os principais ingredientes utilizados para fornecer condicionamento incluem emulsionantes catiônicos (cloreto de cetrimônio, cloreto de berrentrimônio e metossulfato de berrentrimônio), polímeros catiônicos (poliquatérnio 10, poliquatérnio 7, poliquatérnio-11), gomas catiônicas (goma guar quaternizada), silicones (dimethicone, amodimethicone, fenil trimeticone) e emolientes no geral (óleos vegetais no geral, ésteres, hidrocarbonetos). 

Por fim, os produtos hidratantes são utilizados para melhorar a aparência da pele desses animais, fortalecer a barreira e podem atuar como coadjuvantes no tratamento de condições que trazem desconforto para o animal. Esses produtos podem se apresentar na forma de emulsões, sticks (muito utilizados em regiões muito secas) e sprays. Os principais ingredientes utilizados para fornecer hidratação e emoliência incluem umectantes (glicerina, pantenol, propanediol), emolientes no geral (óleos vegetais, hidrocarbonetos, ésteres), silicones (dimethicone, ciclopentasiloxano, caprilil meticone), ceras (cera de abelha, cera de candelila, cera de carnaúba) e em alguns casos ativos específicos (com ação calmante e hidratante, por exemplo).

Conclusão

O Brasil é o terceiro maior mercado de produtos pet no mundo, estando atrás apenas dos Estados Unidos e China. Os cosméticos para pets apresentam oportunidades para formuladores, uma vez que esse profissional já possui o know-how sobre a criação de diversos sistemas cosméticos. Animais precisam de diversos tipos de cuidados, como higienização, condicionamento e hidratação e, devido à humanização, os donos sempre procuram maneiras de fornecer cuidado e bem estar aos seus animais de estimação.

Quer saber mais sobre esse assunto e aprender a criar formulações incríveis para cães e gatos?

Se a sua resposta for sim, você não pode deixar de se inscrever na minha nova imersão online, a Vinia Pet Science. A imersão online Vinia Pet Science – produtos para beleza animal te mostrará como criar diferentes tipos de cosméticos para cães e gatos para que você também aproveite as oportunidades desse mercado que não para de crescer. Você entrará em contato com as boas práticas sobre como formular para animais de pequeno porte, oportunidades de negócios, os principais desafios técnicos na criação de cosméticos para esse nicho e peculiaridades desse mercado em expansão. Toda essa bagagem de conhecimento tem como objetivo possibilitar que você esteja mais preparado tecnicamente para criar oportunidades de negócios e crescer. Clique aqui e conheça a imersão.

Você gostou desse artigo?

Espero que sim e adoraria saber sua opinião! Deixe seu comentário abaixo sobre o que você mais gostou ou até mesmo alguma crítica sobre esse artigo.

O objetivo desse artigo é contribuir para a elevação do nível técnico de profissionais da área. Para qualquer orientação procure sempre um profissional habilitado como um dermatologista ou farmacêutico.

Referências
Censo Pet: 139,3 milhões de animais de estimação no Brasil. Instituto Pet Brasil, 2019. 
MARTINS, Renata. Cosméticos para animais de estimação é nicho que pode ser explorado no Brasil. Brazil Beauty News, 2019. 
Mercado de Consumo PET. SPC Brasil, 2017. 
Por que a crise não atinge o mercado pet, com alta de 13,5% durante a pandemia? Exame, 2021. 
Radar Pet 2020. Comac, 2020.
The Humanization of Petcare Drives Innovation. WWD Studios, 2020.
Unilever escolhe o Brasil para lançar “Cafuné”, sua primeira marca de produtos para pets. Cosmetic Innovation, 2020.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.