Classificação de produtos cosméticos pela Anvisa e suas principais diferenças

desenvolvimento cosmético

Classificação de produtos cosméticos pela Anvisa e suas principais diferenças

Cleber Barros
Escrito por Cleber Barros em 26 de junho de 2014
5 min de leitura
JUNTE-SE A MILHARES DE OUTROS PROFISSIONAIS

Entre para a minha lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

classificacao-de-produtos-cosmeticos

Você sabe como se dá a classificação de produtos cosméticos segundo a Anvisa?

Produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes são definidos como preparações feitas com substâncias naturais ou sintéticas, para serem utilizados externamente nas diversas partes do corpo humano. Ainda segundo essa autarquia, a classificação de produtos cosméticos se dá por dois grupos: produtos de grau 1 e produtos de grau 2.

Para entender melhor cada um dos dois grupos é importante saber que os critérios para essa classificação foram definidos em função da probabilidade de ocorrência de efeitos não desejados devido ao uso inadequado do produto, sua formulação, finalidade de uso, áreas do corpo a que se destinam e cuidados a serem observados durante a utilização. Entenda quais são as características desses dois grupos e observe alguns exemplos:

Produtos grau 1

São produtos que se caracterizam por possuírem propriedades básicas ou elementares, cuja comprovação não seja inicialmente necessária. Desse modo, esses produtos estão isentos de emitir informações detalhadas quanto ao seu modo e suas restrições de uso, devido suas características intrínsecas. Veja alguns exemplos de produtos grau 1:

  • Creme, loção, gel e óleos para as pernas (com finalidade exclusiva de hidratação e/ou refrescância)
  • Desodorante corporal (exceto os com ação antitranspirante)
  • Shampoo e condicionador (exceto os com ação antiqueda, anticaspa e/ou outros benefícios específicos que justifiquem comprovação prévia)
  • Sabonete facial e/ou corporal (exceto os com ação anti-séptica ou esfoliante químico)
  • Produtos para barbear (exceto os com ação anti-séptica)
  • Água de colônia
  • Base facial e/ou corporal (sem finalidade fotoprotetora)

Produtos grau 2

São produtos que possuem indicações específicas, cujas características exigem comprovação de segurança e/ou eficácia, bem como informações e cuidados, modo e restrições de uso. Veja alguns exemplos de produtos grau 2:

  • Produtos infantis
  • Produtos para uso íntimo (ex: sabonete e desodorante)
  • Shampoo ou condicionador anticaspa e/ou antiqueda
  • Produto para pele acneica
  • Produto antirrugas
  • Produto antiestria e anticelulite
  • Protetor solar

Aproveite esse conteúdo! Ao decidir por industrializar produtos cosméticos, certamente essas informações serão indispensáveis. Promova esse conhecimento: compartilhe com seus amigos.

Se preferir, veja o conteúdo em vídeo:

Quer ter independência para criar formulações cosméticas do zero e nunca mais reproduzir fórmulas prontas?

A Escola Vinia possui programas presenciais e online com o método mais completo para aprender a criar formulações dos produtos cosméticos mais procurados pelos consumidores, com abordagens diretas e focadas nos pontos essenciais para se fazer um ótimo trabalho como formulador e se destacar na criação de fórmulas cosméticas.

São cursos comigo que te ensinam:

  • Principais ingredientes cosméticos na criação de produtos.
  • Como formular cremes, loções, manteigas corporais e séruns.
  • Como formular shampoos e sabonetes líquidos.
  • Como formular condicionadores, cremes para pentear e máscaras hidratantes.
  • Como formular fotoprotetores estabilizados e eficazes.
  • Como formular cosméticos para pele delicada (pele sensível, idosos, gestantes e crianças).

Referências
[1] ANVISA. Resolução – RDC nº 7 de 10 de Fevereiro de 2015.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 Replies to “Classificação de produtos cosméticos pela Anvisa e suas principais diferenças”

Destaques da semana #8 | gq#descomplicada | o Blog da Meliore.

[…]  Classificação de produtos cosméticos pela Anvisa e suas principais diferenças – você sabe como se dá a classificação de produtos cosméticos segundo a Anvisa? o especialista em cosméticos, Cleber Barros, publicou um artigo bastante didático sobre o assunto, segundo o qual, para entender melhor cada um dos dois grupos é importante saber que os critérios para essa classificação foram definidos em função da probabilidade de ocorrência de efeitos não desejados devido ao uso inadequado do produto, sua formulação, finalidade de uso, áreas do corpo a que se destinam e cuidados a serem observados durante a utilização. Veja o artigo completo, clicando no link acima. […]

Gladson Tavares Barboza

Dr. Cleber, lápis de olho é classificado como produto de grau 1 , poderia informar?

Produto para crescimento de barba? TEMOS! - Blog da Black Barts

[…] não saiba o que é a Certificação Anvisa Grau 2, são produtos que possuem indicações específicas, cujas características exigem comprovação […]

Kit Grow! vs Minoxídil: entenda a diferença - Blog da Black Barts

[…] não saiba o que é a Certificação ANVISA Grau 2, são produtos que possuem indicações específicas, cujas características exigem comprovação […]

Será que minha barba parou de crescer? - Blog da Black Barts

[…] não saiba o que é a Certificação ANVISA Grau 2, são produtos que possuem indicações específicas, cujas características exigem comprovação […]